Colômbia busca resgate de US$ 60 bilhões para a Venezuela Bogotá contatou agências de empréstimo pensando na transição pós-Maduro 

 O que acontece quando Maduro cair?  Não devemos improvisar. Deve haver um plano porque a Venezuela vai precisar de resgate financeiro", disse Cardenas.    Colômbia busca resgate...

39 0

 O que acontece quando Maduro cair?  Não devemos improvisar. Deve haver um plano porque a Venezuela vai precisar de resgate financeiro”, disse Cardenas. 

 

Colômbia busca resgate de US$ 60 bilhões para a Venezuela Bogotá contatou agências de empréstimo pensando na transição pós-Maduro

NOVA YORK  – A Colômbia contatou organismos multilaterais de empréstimos sobre a elaboração de um plano de US$ 60 bilhões para resgate financeiro da Venezuela caso o ditador Nicolás Maduro deixe o poder, afirmou neste domingo (11) o ministro colombiano das Finanças, Mauricio Cardenas.  

Econômica —a hiperinflação foi projetada em 657% pelo FMI e em 2.616% pela oposição ao chavismo— tem levado milhares de venezuelanos a fugir para os vizinhos Brasil e Colômbia. Venezuelanos cruzam a ponte que separa o país da Colômbia – George Castellanos/AFP  

O que acontece quando Maduro cair?  Não devemos improvisar. Deve haver um plano porque a Venezuela vai precisar de resgate financeiro”, disse Cardenas. Segundo ele, funcionários do FMI, do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento estão apenas começando a entender o impacto do êxodo de venezuelanos  

“Achamos que os dias de Maduro estão contados. A implosão da economia venezuelana está acelerada.” “Nós, como governo colombiano, estamos dispostos a ser parte não apenas das conversações e de um plano mas também em oferecer financiamento para essa transição”, declarou o ministro do governo do presidente Juan Manuel Santos. Para ele, Bogotá poderia se beneficiar da recuperação das exportações para a Venezuela. Uma década atrás, esse comércio girava em torno de US$ 7 bilhões/ano. 

Reprodução Atalaia News

Neste artigo

Participe da conversa