A corrupção no Brasil nasceu na própria historia do Brasil.

A corrupção no Brasil é uma endemia importada  de Portugal que teve a sua origem no inicio da formação da nação brasileira. Desconstrução -...

194 0

A corrupção no Brasil é uma endemia importada  de Portugal que teve a sua origem no inicio da formação da nação brasileira.

Corrupção no Brasil
Desconstrução – Obra Surrealista Digital do artista plástico Lair Guedes

Embora o governo Temer, não tenha a aprovação da maioria da população, esta destinado a ele fazer as importantes e necessárias reformas que o país necessita, o primeiro passo é tirar o Brasil da recessão econômica, herança dos 13 anos do malfadado governo do PT, a tônica é recuperar a economia e gerar empregos. Tudo isso deve ocorrer em menos de dois anos, que é o tempo que este governo deve subsistir. O mensalão e a Operação Lava Jato escancararão uma pratica que desde a vinda D.João VI 1808 , fugindo de Napoleão Bonaparte, ancorou em portos brasileiros, trouxe consigo mais de dez mil Portugueses, vieram não pra construir uma nação, mas para enriquecer-se principalmente a custa do erário publico, nos 13 anos que por aqui ficou a corrupção grassou incorporou no espirito do brasileiro. Naquele período o governo teve que fazer empréstimos de Seiscentos Mil Esterlinas da Inglaterra para cobrir um rombo de uma corte perdularia, sete meses após fundou o Banco do Brasil em 1820 o Banco estava falido. Outra pratica que iniciou nos primórdios de nossa recente história, a chamada caixinha, que hoje e denominada de propina, cobradas nas concorrências e pagamentos de serviços públicos que constituía numa forma de extorsão velada e chegava a 17%, a corrupção e uma endemia e epidemia importada de Portugal, que teve a sua origem no inicio da formação da nação brasileira e dificilmente será estancada simplesmente, é uma questão cultural e educacional. Nunca na história do Brasil numa situação de normalidade constitucional, tantos políticos foram presos como na atual conjuntura. O Brasil necessita de reformas.  A Reforma Tributaria; é inconcebível que tenhamos tantas taxas e impostos, somos um dos países que mais tributo se cobra do cidadão, além de dificultar o estabelecimento de empresas que poderiam estar gerando milhares de empregos. Reforma Sindical, hoje muitos sindicalistas, transformaram muitos sindicatos numa extensão de suas casas. Agem como se fossem suas propriedades vindo a se constituir em pequenos feudos, eternizando no poder, além de uma contribuição sindical anual que todos são obrigados a pagar e que deveria ser opcional.  A reforma Trabalhista também e importante muitas leis que regem a relação capital trabalho estão superadas e necessário que se criem leis mais abrangente e pragmáticas. Embora não tenha uma unanimidade, não se concebe que tenhamos um péssimo gerenciamento dos recursos que são oriundos do trabalhador para a sua aposentadoria. A reforma se faz necessária, sem entrar no mérito da questão, cabe aos sindicatos, Associações e outras entidades e Congresso nacional estabelecer as regras e as devidas alterações. A Reforma Politica, no Brasil hoje possui 35 partidos legalizados e outros 70 na fila a espera do seu reconhecimento pelo Superior Tribunal Eleitoral. A maioria tem acesso ao Fundo Partidário, os chamados partidos nanicos em sua maioria não passam de legendas de aluguel, objetos de comercio, caciques destas legendas vivem da concessões de comissão provisória e venda do mesmo, principalmente em período eleitoral. Muitos sem ideologias ou uma mínima linha programática o que tem provocado uma confusão na cabeça do eleitorado brasileiro. É uma utopia dizer que o Juiz Federal Sergio Moro vai acabar com a corrupção e que com a prisão de dezenas de políticos tudo vai mudar como se fosse um toque de magica. A convicção que todos temos que ter e que as mudanças somente ocorreram se haver uma verdadeira mudança na base da formação do cidadão.
Cabe a Educação na formação de cidadão conscientes dos seus direitos e deveres e acima de tudo espirito ético no seu relacionamento com a sociedade.

Análise escrita por Juca Mendes
Atalaia News Fan page Facebook

Veja Também

Gostei

Não Gostei

Neste artigo

Participe da conversa