Segurança de creche em Janaúba ateia fogo em crianças; quatro morrem, diz Corpo de Bombeiros

Quatro crianças morreram queimadas em uma creche em Janaúba, no Norte de Minas, na manhã desta quinta-feira (5). Segundo informações da Polícia...

186 0

Quatro crianças morreram queimadas em uma creche em Janaúba, no Norte de Minas, na manhã desta quinta-feira (5). Segundo informações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, o guarda do Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no Bairro Rio Novo, jogou álcool em algumas crianças e nele mesmo, em seguida ateou fogo.

De acordo com a assessoria do Hospital Regional de Janaúba, cerca de 40 pessoas, entre crianças e adultos, deram entrada na unidade de saúde. Entre os pacientes, 15 respiram com a ajuda de aparelhos.

Equipes de socorro chegam à creche em Janaúba, no Norte de Minas (Foto: River Ramos Madureira/Arquivo Pessoal)
Equipes de socorro chegam à creche em Janaúba, no Norte de Minas (Foto: River Ramos Madureira/Arquivo Pessoal)

O autor do crime trabalha como vigia noturno do local há oito anos, segundo a Polícia Civil. Ele não teve sua identidade divulgada, e está em estado grave no hospital. A prefeitura de Janaúba decretou sete dias de luto oficial em solidariedade às famílias afetadas pela tragédia.

Há divergência no número de mortos na tragédia. Inicialmente, os bombeiros falaram em seis crianças mortas, mas depois atualizaram o número de mortos para quatro pessoas – dado confirmado pelo Samu. De acordo com dados da Polícia Militar, cinco crianças morreram.

 (Foto: Arte/G1)
(Foto: Arte/G1)

Autoridades

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), vai a Janaúba acompanhar o socorro às vítimas e as investigações sobre a tragédia. O chefe do Executivo determinou a criação de um posto de comando emergencial na cidade.

O presidente Michel Temer também se manifestou a respeito da tragédia, por meio de suas redes sociais. “Eu que sou pai imagino que esta deve ser uma perda muitíssimo dolorosa”, disse Temer em seu Twitter.

Doações

O hospital de Janaúba, para onde os feridos foram levados, precisa de doações de materiais que são usados no tratamento de queimaduras.

De acordo com a diretoria do hospital, não há mais materiais disponível na cidade, e a equipe do local agora trabalha na triagem dos estoques que restaram e das doações que estão chegando no estabelecimento.

Funcionárias do hospital de Janaúba trabalham na triagem do material usado no tratamento de queimaduras (Foto: Juliana Peixoto/G1)
Funcionárias do hospital de Janaúba trabalham na triagem do material usado no tratamento de queimaduras (Foto: Juliana Peixoto/G1)

Fonte: G1

Veja Também

Neste artigo

Participe da conversa