TRÊS LAGOAS

ESPORTES

TALEBAN: Atletas paralímpicos do Afeganistão conseguem deixar o país, mas perdem jogos de Tóquio

Publicados

ESPORTES

Segundo o Comitê Paralímpico Internacional (CPI), Zakia Khudadadi e Hossain Rasuli estão em um lugar seguro, mas não têm condições emocionais de disputar a Paralimpíada.

Dois atletas paralímpicos da delegação do Afeganistão conseguiram deixar o país com segurança após a retomada do controle pelo Taleban. Zakia Khudadadi e Hossain Rasuli iriam competir na Paralimpíada de Tóquio, no tae kwon do, mas não conseguiram chegar a tempo na capital japonesa para participar do evento.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira pelo Comitê Paralímpico Internacional (CPI). De acordo com o porta-voz da entidade, Craig Spence, ambos estão em um local seguro agora, mas não têm condições emocionais de disputar os Jogos.

“Não vou dizer onde estão porque não se trata de esporte, e sim de vidas humanas. Precisamos proteger as pessoas”, disse Spence em uma entrevista coletiva em Tóquio. “Claramente passaram por uma experiência traumática, recebem assistência psicológica”, concluiu

Segundo o canal australiano ABC, os dois integram um grupo de 50 atletas afegãos que foram levados para a Austrália nesta terça-feira, mas não há confirmação oficial das autoridades do país. Jogadoras da seleção afegã de futebol feminino estavam no mesmo voo.

Leia Também:  Pela Olimpíada, Hugo Calderano segue rotina forte de preparação no RJ

Khudadadi, de 23 anos, seria a primeira mulher a representar o Afeganistão nos Jogos Paralímpicos. Na última semana, ela gravou um vídeo pedindo ajuda para deixar Cabul e realizar o sonho de competir no Japão.

Nesta terça-feira, a bandeira afegã foi exibida simbolicamente na cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, apesar da ausência da delegação do país.

CREDITO: ESTADÃO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

REI DO FUTEBOL: Em recuperação no hospital, Pelé canta hino do Santos

Publicados

em

Um dia antes, Rei do Futebol publicou vídeo fazendo exercício em máquina no hospital e disse estar feliz e “cercado de carinho”.

Força, Rei! Ainda no Hospital Albert Einstein se recuperando da cirurgia para retirada de um tumor no cólon, Pelé, de 80 anos, segue em plena recuperação. Diariamente, a filha dele, Kely Nascimento, atualiza o quadro do eterno camisa 10 com publicações sobre o estado de saúde do tricampeão. Dessa vez, nesta quarta-feira (22), Pelé apareceu sorridente cantando o hino do Santos.

Ontem, Kely Nascimento já havia publicado um vídeo em que o Rei do Futebol faz exercícios ao lado de enfermeiros.

“Amigos, envio esse vídeo que a minha esposa fez hoje, para dividir com vocês a minha alegria. Estou cercado de carinho e de incentivos para me sentir um pouco melhor todos os dias. Pedalando desse jeito, em breve eu volto pra Santos, não acham?”, escreveu Pelé em seu Instagram.

A saúde do Rei

Pelé vem sofrendo de problemas de saúde após uma cirurgia no quadril, o que dificulta sua locomoção desde 2018. O ídolo do futebol mundial, que completa 81 anos no dia 23 de outubro, também realizou uma cirurgia de retirada de um cálculo renal em 2019.

Leia Também:  Pela Olimpíada, Hugo Calderano segue rotina forte de preparação no RJ

No dia 30 de agosto deste ano, Pelé foi hospitalizado para realização de exames de rotina, onde foi constatado um tumor no colón direito, que faz parte do intestino grosso. Apesar da internação em UTI, Pelé tranquilizou aos fãs através de postagens nas redes sociais.

CREDITO: PORTAL TERRA
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS MS

MATO GROSSO DO SUL

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA